segunda-feira, fevereiro 13

Concordo:)

"O homem começa a envelhecer quando as lamentações começam a tomar o lugar dos sonhos."

John Barrymore

18 Comments:

Blogger wind said...

Também concordo:) beijos

10:08 da tarde  
Blogger Pamina said...

Também concordo. Em qualquer idade. Há muitos novos "velhos rezingas".
Um bj.

10:57 da tarde  
Anonymous Ana Afonso said...

Olá a todos
Andorinha eu acho que é um bocadinho antes ... acho que um homem começa a envelhecer quando deixa de sonhar deixa de ter esperança em dias melhores e então as lamentações substituem os sonhos!!
Se houvesse uma idade em que isto acontecesse ainda não era mal de todo ficava registada na agenda e pronto era facil ... pior mesmo é que em todas as idades há "velhos" ... de espirito !!
Abraços e sorrisos
Ana Afonso :)

9:26 da manhã  
Blogger luis manuel said...

Também concordo.
(usando igualmente as duas primeiras palavras dos comentários anteriores)

Pois se o sonho comanda a vida... as lamentações vêm trazer a descrença, o desânimo.
Pode até acontecer um envelhecimento precoce, em quem abandona o sonho que lhe traz o entusiasmo de estar vivo - e por isso com direito e obrigação a lutar por isso.
Embora não se possa esquecer aqueles a quem essas hipóteses são retiradas, à força ou com a responsabilidade e actuação de outros - como não podia deixar de ser os mais fortes, e ainda os que caem no esquecimento, pelo fechar de olhos de quem os rodeia.

Mas o homem, que tem a liberdade e a faculdade de orientar a sua própria vida, não pode deixar de sonhar, e com isso acreditar ser capaz de fazer parte de uma corrente que arraste todos os outros para o bem comum.

Bons voos, sonhando
Um abraço carinhoso

9:40 da manhã  
Blogger Rosa said...

Não só. Mas também!
Beijinho na asa :)*

12:07 da tarde  
Blogger Anna^ said...

...e quando as dores nas articulações começam a chatear hehehehehehehe


bjokas grandes Andorinha ":o)

4:19 da tarde  
Blogger andorinha said...

Wind e Pamina,
Concordo e em qualquer idade.:)
Beijinhos.

Ana afonso,
Mas é esse mesmo o sentido da frase; um homem começa a envelhecer quando deixa de sonhar.
E, claro, há velhos de espírito em todas as idades.
Beijinhos.

Luís manuel,
O sonho deve comandar a vida, sempre.:)
Um abraço carinhoso

Rosa
:)
A asa vai aguentar com tantos beijinhos?:)

Anna^,
Também tens razão eheheheheheh
Beijinhos.:)

8:24 da tarde  
Blogger lélé said...

Eu penso que envelhecer deveria ser bonito e que quando as lamentações tomam o lugar de tudo, e não só dos sonhos, isso não é envelhecer, mas sim apodrcer...(por falar nisso, lembro-me de uma freira, simpática, por sinal, que, perante o sofrimento de uma velhinha, mais simpática ainda, que era a minha tia, disse "Cristo morreu novo e esqueceu-se dos velhos").

10:34 da tarde  
Blogger andorinha said...

Lélé,
Envelhecer deveria ser bonito, mas nem sempre é, sobretudo quando há grandes limitações a nível físico ou psíquico; aí é difícil haver lugar para o sonho.
Mas há tantos jovens precocemente envelhecidos, isso é que me faz confusão.

11:06 da tarde  
Blogger Salvietta said...

ehehe eu também concordo :)

3:48 da manhã  
Blogger Cláudia said...

Eu acho que o Homem deixa de ser Homem no dia em que abdicar dos seus sonhos. Porque não pode. Estão dentro dele e vão sempre manifestar-se.

Beijinho ***

1:22 da tarde  
Anonymous Regina Ferreira said...

"Aos homens, provaria como estão enganados ao pensar que deixam de se apaixonar quando envelhecem, sem saber que envelhecem quando deixam de se apaixonar" (Gabriel Garcia Marquez).

Boa noite,
Voos apaixonados.

:) RF.

8:14 da tarde  
Blogger Mitsou said...

Subscrevo em absoluto!
E ainda mais grave é esse envelhecimento ser, muitas vezes, precoce.

Beijinhos doce, amiga.

8:37 da tarde  
Blogger andorinha said...

salvietta
cláudia
regina ferreira
Mitsou
Obrigada pelos vossos comentários.
Estamos todas em sintonia.:)
Beijinhos.

8:50 da tarde  
Blogger lélé said...

Andorinha, concordo contigo e foi essa a idéia que quis passar. Envelhecer tem beleza, mas a deteriorização física acaba por nos vencer... muitas vezes... Acho que já todos assistimos a isso. Vi todos os "meus velhinhos" a irem com grande sofrimento. Estou agora na "linha da frente" e tenho medo... mas também tenho esperança que um AVC, ou qualquer coisa do género, me poupe a essa dor...

11:42 da tarde  
Blogger andorinha said...

Lélé,
Um amigo meu costuma dizer "a partir de uma certa idade todos olhamos com apreensão a estrada à nossa frente."
Penso que é verdade, mas não podemos viver com medo ou corremos o risco de não viver.
Eu sei que isto é muito mais fácil de dizer do que de fazer...
E não sou a pessoa ideal para falar sobre estes assuntos; eu também sinto esse medo, tento é não pensar nisso, precisamente para poder aproveitar a vida.
A única coisa que podemos fazer é aproveitar da melhor forma este intervalo entre o nascimento e a morte...

12:40 da manhã  
Blogger Espanhol said...

nem mais!!!!!

5:23 da tarde  
Blogger lélé said...

Sem dúvida, Andorinha!

10:37 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home