sexta-feira, dezembro 7

Sem título:)

"Quem tem confiança na sua riqueza interior está muito menos dependente dos juízos emitidos pela sociedade e sente muito menos necessidade de corresponder à imagem estereotipada que lhe é imposta.
Ter auto-estima não é achar-se bonito, eficaz ou superiormente dotado. Isso é bazófia. A verdadeira auto-estima nasce de estarmos conscientes da nossa riqueza interior, de termos a honestidade de vivermos de acordo com o nosso sistema de valores e de aceitarmos os nossos erros. Quem possui uma auto-estima verdadeira não procura esconder as suas falhas nem impor os seus pontos de vista. Não teme ser posto em causa e é capaz de reconhecer que se enganou, com simplicidade e sentido de humor."

Tsering Paldrön, A alquimia da dor

Ando a reler e resolvi partilhar convosco este excerto.

14 Comments:

Blogger mariazinha said...

ainda bem que o fizeste :)
Soube-me mesmo bem ler isto!
bom fim de semana!

11:30 da tarde  
Blogger Sirk said...

Muito interessante, pá. Até parece que estão descrever-me. Pena que a minha auto-estima hoje esteja apenas a 989%. Há dias do caneco, enfim...

3:32 da tarde  
Blogger AQUILES said...

Sendo assim, ando por aí muita falta de auto-estima.:):):)

11:35 da tarde  
Blogger Olá!! said...

Não há nada como olhar para o espelho e sorrir de consciencia tranquila
Boa semana e um beijo

4:27 da tarde  
Blogger Lux Caldron said...

É verdade. Ter auto-estima não o mesmo que ser vaidoso. É apenas ter confiança naquilo que se é, sem se importar com o que os outros pensam. Talvez por isso eu sou tão diferente da norma social e não me importo. Pelo contrário. Tenho mais confiança em mim como sou do que os outros, se eu mudasse para o que eles querem!

Dark kiss*

6:11 da tarde  
Blogger Frankie said...

*assobia*

Huuuum... um texto sobre auto-estima...

*assobia*

Isso não é muito o meu forte, tu sabes...

Mas talvez este excerto me ajude...

Obrigada.

Beijinho grande, "Mummy"!

9:30 da manhã  
Blogger andorinha said...

Mariazinha,
:)
Beijos

Sirk,
Sempre a mesma maluca,pá:)
Jinhos

Aquiles,
Se anda...

Olá,
É isso mesmo.
Beijinhos

Lux,
Exacto, é termos confiança na nossa individualidade.
Sempre me fez imensa confusão que as pessoas queiram ser todas "iguais" umas às outras.
É triste!
Enfim...é mais fácil ser mais um na manada mas é muito mais gratificante não abdicarmos de ser quem somos.

Beijo*

Frankie,
Parece que foi escolhido propositadamente para ti:)
Nada de assobiares para o lado.
Fáxabor de ler com muita atenção.

Beijo grande, miúda*

11:19 da tarde  
Blogger wind said...

Concordo:)
Beijos

11:29 da tarde  
Blogger Rosa said...

Olha, e fizeste tu muito bem! :) Bêjos.

6:11 da tarde  
Blogger Ariel d'Angouleme said...

Contudo, e infelizmente, a sociedade retribui sempre o bom com o mau.
Ou seja, ter auto-estima é ser-se, precisamente, vaidoso aos olhos dos outros.
Claro está que isso é resultado da sua falta de auto-estima... que existe em maioria, seja lá porque razão for...

Beijos*

7:36 da tarde  
Blogger andorinha said...

Wind.
:)
Beijos

Rosa,
Eu só faço o bem:)
Beijocas

Ariel,

Tenho saudades tuas, amigo, acreditas?:)
Estou ansiosa por poder voltar a ler-te de novo. Enquanto isso não acontece, estas tuas visitas enchem-me de satisfação.

Quanto ao teu comentário estou em sintonia a 200%:)

Beijo grande*

7:51 da tarde  
Blogger david santos said...

Passei para desejar-lhe um bom final de 2007 e um bom ano de 2008.

Aproveito para LHE pedir que participe na blogagem colectiva que se realiza amanhã, dia 17, em prol da menina Flávia

8:22 da tarde  
Blogger Lord of Erewhon said...

Só te digo que toda esta época de conceitos pós-freudianos é deprimente! :)

P. S. O amigo David e a sua cruzada estão por todo lado... Estranhos dias... :)=

10:06 da tarde  
Blogger andorinha said...

Lord,
:) É mesmo...

P.S.De vez em quando regressam as cruzadas...

Beijo*

11:49 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home