sexta-feira, setembro 21

Há sempre alguém...

Há sempre alguém que nos diz: Tem cuidado!
Há sempre alguém que nos faz pensar um pouco.
Há sempre alguém que nos faz falta.
Há saudade....

Excerto de uma canção dos Trovante

É bom que tenhamos esse alguém que nos ajude a não derrapar nas estradas da vida.

16 Comments:

Blogger Su said...

sempre......aqui,,,,


jocas maradas menina

10:25 da tarde  
Blogger AMMedeiros said...

Há sempre uma amiga andorinha cujos voos são de amizade... e faz falta!...
;))

Um beijo terno do Herói e meu

5:44 da tarde  
Blogger mariazinha said...

os amigos, claro.

beijos

11:16 da tarde  
Blogger Cristina said...

Tenho a sorte de ter alguém que me dá saudade. Tenho poucos mas bons! Que me fazem falta!

10:59 da manhã  
Blogger Klatuu o embuçado said...

Bom, pelo menos aos Trovante deu dinheiro... :)

Dark kiss.

2:33 da tarde  
Blogger Rosa said...

É bom que esse alguém sejamos nós próprios.
Beijo :)*

3:31 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

As "passaritas" têm uma ajuda a mais- seguem rotas imemoriais - sabe-se lá em que órgão (;P)- que a Terra lhes dá! Engraçado, não? Apesar de serem aéreas, animais aéreas, estão bem ligados ao planeta Terra! E tu pareces assim...

O facto de não vir vigiar à janela quer dizer que tenho tabalho que me ocupa demais- mas estou do lado de cá e sei que não imigras!;P
Ao contrário de mim que hiberno daqui por vezes...

bjnhs e bosn voos!
cêtê

10:57 da tarde  
Blogger andorinha said...

Su,
Eu sei, amiga:)
jocas maradas

Ammedeiros,
Obrigada pelas palavras, Ana:)
Dois beijos.

Mariazinha,
Sim, amigos, namorados, amantes, sei lá...:)
Beijos

Cristina,
É bom que assim seja, todos precisamos.
Beijinhos

Klatuu,
Como único cavalheiro aqui presente, tinhas que destoar...:)))

Se eu não tivesse amigos que de vez em quando me dizem: "Tem cuidado", corria o risco de deslizar com toda a velocidade por uma ravina abaixo e estatelar-me no fundo. E depois?!

Beijo.

Rosa,
Sim, mas nem sempre somos bons juízes em causa própria; porvezes é preciso um olhito do exterior:)
Beijinhos, miúda.

Cêtê,
The last but not the least!
Traduzo:a última mas não a menos importante!

Sei lá se tenho os pés bem assentes na terra; às vezes só me apetecia mesmo voar para paragens longínquas.
Tou farta disto (país, entenda-se).

Eu sei que estás aí, mesmo quando não estás:)

Jinhos, cachopa.

2:38 da manhã  
Blogger Vieira Calado said...

Pois seria. O problema é que temos outros "alguém" (com todos meios de comunicação a seu lado) a nos dizer ao contrário.
Boa semana para si.

2:43 da tarde  
Blogger Rui Caetano said...

As estradas da vida têm muitos sucalcos e montanhas altas para ultrapassar, o importante é não desistir de querer voar.

9:17 da tarde  
Blogger Ariel d'Angouleme said...

Há sempre um "eu" à falta de alguém que nos salve...

Beijos*

9:18 da tarde  
Blogger Pepe Luigi said...

Uma boa amizade mata-nos mais a fome de espírito e da alma do que o pão para a barriga.

5:44 da tarde  
Blogger wind said...

Pelo menos uma pessoa:)
Beijos

12:30 da manhã  
Blogger Klatuu o embuçado said...

Depois... tinhas que te aguentar à bronca... :)=

Dark kiss.

9:57 da tarde  
Blogger andorinha said...

Vieira,
:)
Boa semana.

Rui caetano,
Concordo. Não desistir nunca é o mais importante.

Ariel,
Sim, e o "eu" é de extrema importância.
Beijos*

Pepe,
É, uma boa amizade não tem preço.

Wind,
Sim, convem...:)
Beijos

Klatuu,
Cheia de mazelas, não?
Grande amigo tu me saíste!:)

Beijo

10:20 da tarde  
Blogger Sirk said...

Ah, mas também é importante estar atenta aos pneus. Se carecas é derrapanço na certa.

7:49 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home