segunda-feira, outubro 22

Não nos esquecemos muitas vezes disto?

"O oposto de uma afirmação correcta é uma afirmação falsa.Mas o oposto de uma verdade profunda pode ser outra verdade profunda."

Niels Bohr

14 Comments:

Blogger wind said...

Essa não estou a entender, só a aplico por exemplo na ciência, onde uma verdade, é mudada para outra verdade.
Beijos

8:39 da tarde  
Blogger alice said...

wind, é isso mesmo, o homem é físico (ou era)...
talvez por isso!
não se lembram do modelo do átomo de Bohr? penso que é deste senhor.

12:13 da tarde  
Blogger Bartolomeu said...

Para que uma mentira seja crivel, é necessário que possua um fundo verdadeiro... ou seja: a mentira é constituída por partes de verdades.
Por exemplo: Se ao chegar ao emprego relatar aos meus colegas que assisti em pleno metro, uma idosa a violar um rapaz de 20 anos, alto, bonito, com apresentação, toda a gente vai responder...Ah, tás a gozar, pá!
Mas se eu acrescentar umas "verdades", tipo. Entrou uma idos no metro completamente embriagada, cheirava a alcool à distância, quando viu um rapaz de 20 anos, optima apresentação, que ia a dormir sentado sózinho num banco, a velhota sem mais nem menos, atirou-se ao rapaz e comeu-o, ali, todinho. No mínimo, vou conseguira a tenção do maralhal e aposto que alguns vão perguntar... e o rapaz não acordou?
;)))))))))))))))

4:39 da tarde  
Blogger Lux Caldron said...

Quantas vezes não nos sentimos ofendidos pela acção de outra pessoa e com a nossa verdade sabemos que temos razões para nos sentirmos ofendidos? E quantas vezes o autor da acção que nos ofendeu não está também ele certo na sua verdade que não tinha outra hipótese se não agir como agiu?

Não serão estas duas verdades verdeiras? E qual será a verdade mais verdadeira?

Bjos

10:59 da tarde  
Blogger mariazinha said...

e a Verdade (enquanto conceito absoluto) existirá?...
tenho dúvidas.

beijo*

11:25 da tarde  
Blogger AQUILES said...

Profundo ...

9:20 da manhã  
Blogger AQUILES said...

Porque não há, em percepção humana, verdades absolutas. Cada verdade é uma perspectiva da realidade. E como rodeamos de vários ângulos a realidade, tem-se várias perspectivas da verdade. E o efémero da nossa existência implica evoluções da verdade porque não abarcamos todas as sensibilidades da verdade, que ansiamos, pois nunca teremos tempo para analisar todas as vias da verdade, especialmente a do outro. Continuamos muito presos ao egoísmo, um dos grandes empecilhos da verdade.

9:51 da manhã  
Blogger alice said...

A propósito da verdade há um filme que "agarrei" há dias e ainda não tive tempo de ver: Rashomon, de Akira Kurosawa, salvo erros ortográficos. Exactamente sobre o que diz aquiles. Uma história contada a várias vozes, em que nunca chegamos a saber qual é a versão "verdadeira"

11:26 da manhã  
Blogger andorinha said...

Wind,
E tens razão, no contexto da ciência, sim. Mas em termos mais gerais, o que é a verdade?
A minha pode ser diferente da tua...
Beijos.

Bartolomeu,
Aqui estamos a falar de verdades e não de mentiras:))))
A propósito: será a mentira o oposto da verdade?

Lux,
Concordo contigo. Foi exactamente essa a interpretação que eu fiz.
A minha verdade é superior à tua ou vice-versa?
Beijinhos.

Mariazinha,
Também tenho...
Beijo*

Aquiles,
Concordo em absoluto contigo, mérmão:)
Muitas vezes estamos presos à "nossa" verdade e ignoramos ou desprezamos a do outro...

Alice,
Aguçaste-me o apetite. Quero ver se também consigo agarrar esse filme.
Beijinhos.

5:24 da tarde  
Blogger mariazinha said...

subscrevo (com sua licença) ali o aquiles...
(as melhoras do calcanhar ;P)

beijo*

7:37 da tarde  
Blogger alice said...

ok, não gosto de fazer propaganda de lojas com as quais embirro, mas foi na fnac, em dvd...
acredita que to pirateava de boa vontade se soubesse como, mas talvez se dê um jeito, mesmo assim - afinal é para isso que servem os putos, para a gente os por a render!

9:43 da manhã  
Blogger AMMedeiros said...

Obrigada Amiga.
Este não está a ser um momento dos melhores, confesso. Mas as tuas palavras trazem frescura à densidade do peso do ar que respiro naquele hospital. Talvez o oposto de uma verdade profunda, mais profunda ainda...

Um beijo da alma. Obrigada.

11:29 da manhã  
Blogger Rosa said...

Na mesma linha de pensamento, o oposto de uma afirmação correcta também pode perfeirtamente ser outra afirmação correcta. Digo eu, que não percebo nada de física ;)
Beijo, miúda gira!

5:30 da tarde  
Blogger andorinha said...

Alice,
Os putos servem para muito mais:)))

Ammedeiros,
Não consigo sequer imaginar tudo aquilo porque estás a passar...
Só te posso dizer que estou aqui sempre que precises.
És uma grande Mulher e Mãe e tu e o teu Herói vão vencer essa batalha.
Força, amiga:)

Dois beijos.

Rosa,
Tu só me estragas esta caixa de comentários:)))

Beijinhos, miúda

6:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home