sexta-feira, setembro 29

Paisagem

Desejei-te pinheiro à beira-mar
para fixar o teu perfil exacto.

Desejei-te encerrada num retrato
para poder-te contemplar.

Desejei que fosses sombra e folhas
no limite sereno desta praia.

E desejei:"Que nada me distraia
dos horizontes que tu olhas."

Mas frágil e humano grão de areia
não me detive à tua sombra esguia

(Insatisfeito, um corpo rodopia
na solidão que te rodeia).

Bom fim-de-semana, gente:)

11 Comments:

Blogger Aspásia said...

Desejei que se cumpram todos os teus desejos na vida.
(E já agora, os meus também).

Bom fim-de-semana, amiga.

Bjinhos :))

1:06 da manhã  
Blogger wind said...

Belo e algo triste:)
Bom fim de semana:)
beijos

2:37 da manhã  
Blogger AMMedeiros said...

O poema deixa um leve sabor a angústia dentro da solidão humana, talvez por isso seja tão bonito...

Um fim-de-semana bem agradável!!!
Um beijo

11:52 da manhã  
Blogger Ana Afonso said...

Ola Andorinha
Estou de volta... estive fora em trabalho e já estava cheia cheia de saudades?
Essas ferias?
Gostei do poema ... triste mas lindo!!
Abraços e sorrisos
ana afonso

9:17 da manhã  
Blogger Su said...

gostei..........te. saudades.
jocas maradas e sff de ser feliz

1:29 da tarde  
Blogger nene said...

Muito bonito!
Beijinhos:)

9:29 da tarde  
Blogger Rosa said...

Eh pá, eu não sei, mas desconfio que os pinheiros não se dão à beira-mar. Eu, pleo menos, nunca vi nenhum! :D
Beijos.

1:00 da tarde  
Blogger alice said...

Olá andorinha
passei por aqui e desta vez comento, melhor pergunto: de quem é este poema lindo? sei de cor os dois últimos versos mas não me lembro de quem é? acode-me!
um beijinho
ap
e já agora para a rosa: um beijinho e desculpa a deformação profissional, mas os pinheiros podem não gostar muito de maresia, mas lá se aguentam que nem uns heróis... Já foste ao pinhal de Leiria? É lindo, o que resta, claro...

2:29 da tarde  
Blogger alice said...

andorinha, achei, é de David Mourão Ferreira, coisas boas que a net tem... procura-se e quase sempre lá está!

2:32 da tarde  
Blogger andorinha said...

Malta,
Obrigada a todas por terem aparecido e terem gostado:)
Esqueci-me realmente de mencionar que o poema é de David Mourão-Ferreira.
A idade não perdoa:))))))

10:24 da tarde  
Blogger euexisto said...

muito bonito mesmo. adorei

4:14 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home