quinta-feira, setembro 15

Em lugar de mais Inglês por que não mais trapézio?

"Se a ministra da Educação aceitasse a ideia, talvez se pudessem substituir longos e enfadonhos prolongamentos, em que se serve mais do mesmo, sem que se aumentem conhecimentos, se ganhe auto-estima ou se desenvolvam neurónios, por umas lições de trapézio voador. Por mim, voto nisso"

Isabel Stilwell, NM

Eu também! Hoje uma aluna cantarolava -"I believe I can fly, I believe I can touch the sky". Ao ouvi-la, lembrei-me deste pequeno texto.
Quantas vezes nós professores deixamos de estimular a fantasia e a criatividade dos alunos em função de programas rígidos e muitas vezes totalmente desfasados do seu universo?
Como se podem eles sentir motivados? Como nos podemos nós sentir motivados sentindo neles tamanha desmotivação?
Deparo-me sempre com estes constrangimentos no início de cada ano lectivo e o que me assusta é que não vejo perspectivas de as coisas melhorarem nos tempos mais próximos; pelo contrário, vejo um aumento de trabalho burocrático e de infindáveis reuniões para se discutir o "sexo dos anjos".
E é este o panorama do ensino em Portugal...

7 Comments:

Blogger Su said...

Em lugar de mais Inglês por que não mais trapézio?
ehehehehe ... gostei....acho o mesmo e assino em baixo
jocas
pssttt su e marakoka c est mois;))

9:54 da tarde  
Blogger andorinha said...

su,
Je sais.:)
jocas

1:22 da manhã  
Blogger Bárbara Vale-Frias said...

Infelizmente, sou forçada a concordar contigo. Se bem que a minha experiência na escola profissional onde dou aulas ainda esteja, felizmente!, a anos-luz desta situação caótica de ensino.

Cheguei até aqui através do blog da Mitsou :)

8:26 da manhã  
Blogger Anna^ said...

Andorinha,
Eu que tenho 2 filhos universitários e 2 no 6ºe 9ºano de escolaridade,sei exactamente do que falas.
Em relação aos mais velhos,já nos deparámos algumas vezes, na situação de quererem desistir por acharem que não vale a pena...n têm perspectiva de futuro...sentem-se desmotivados.
Felizmente q essa fase foi ultrapassada e seguem o seu rumo...mas que não está fácil...não!

bjokas e um bom fds ":o)

11:01 da manhã  
Blogger andorinha said...

cokas,
Penso que já tinhas aparecido por aqui, ou estarei confundida?
De qualquer forma, bem vinda e aparece sempre que quiseres.
Beijinho.

Anna^,
É complicado para eles e complicado para nós, professores, também.
Por vezes somos o bode expiatório de tudo o que está mal no ensino e isso revolta-me.
Fico feliz por saber que os teus filhotes estão bem encaminhados.
Beijinhos.:)

7:01 da tarde  
Blogger terragel said...

Andorinha, não se procupe porque os professores do Brasil também são mal interpretados.
Bjs

12:43 da tarde  
Blogger andorinha said...

terragel,
Devemos ser mal interpretados em todo o lado.:)
Como descobriste o meu ninho?
Bjs.

3:58 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home