quinta-feira, setembro 8

Não quero.

"Não quero que a morte me apanhe a dormir. Quero vê-la chegar"
Luiz Pacheco

Quantos de nós teremos coragem de dizer isto?

9 Comments:

Blogger James said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

12:49 da manhã  
Blogger Jay Douglas said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

12:54 da manhã  
Blogger HarryHaller said...

Pior do que a morte morte, é ser cadáver antecipado.

Quantos têm coragem para enfrentar a vida acordados?

Bom dia Andorinha

Lobo das Estepes

11:27 da manhã  
Blogger Anna^ said...

Confesso que a morte n é um tema da minha eleição...e não sou corajosa o suficiente para a encarar de frente...quando vier que me apanhe distraída!
Pode ser que mudede opinião...mas para já...!

Tem um bom dia

bjokas ":o)

11:45 da manhã  
Blogger Rosa said...

Porquê "coragem", Andorinha?
Nunca pensei muito no assunto, mas não creio que o desejo de encarar a morte de frente faça alguém mais corajoso do que outro que o não quer...

(olhas os Spam andam aí! :)))

1:23 da tarde  
Blogger andorinha said...

Boa tarde Lobo,
Pertinente a tua pergunta, sem dúvida. Há tantos mortos-vivos à nossa volta...

Anna^,
Eu também não consigo encará-la de frente. Nem sequer sei se alguma vez conseguirei.
Beijinho.:)

Rosa,
Não sei, penso que é necessária uma certa coragem para fazer uma afirmação dessas. Eu gostaria muito que ela me apanhasse a dormir.

Pois andam...:(
Vou perguntar a alguém entendido na matéria o que posso fazer.

8:05 da tarde  
Blogger HarryHaller said...

Andorinha,
obrigado por teres voado pelas minhas Estepes, prometo que hei-de colocar algo meu para comentares. Até lá, a poesia faz ninho pelo meu território.

Lobo das Estepes

8:26 da tarde  
Blogger andorinha said...

Lobo,
É sempre com muito gosto que voo pelas tuas estepes.
Continua a fazer ninho com a poesia - lerei sempre.:)

10:14 da tarde  
Blogger nusquam esse said...

O que é belo não morre: transforma-se em outra beleza.

(Balley Ardrich)

11:22 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home