segunda-feira, setembro 5

Dá que pensar.

Ainda em 2003, a OMS denunciava que se bebe cada vez mais cedo, cada vez mais e seguindo padrões de cada vez mais alto risco. Os jovens portugueses não hesitaram em aderir aos novos costumes dos seus congéneres europeus.
Nas Queimas das Fitas, nas noites de Verão, nas saídas ao fim-de-semana, cada vez mais jovens parecem precisar de um elixir que os transforme noutros, que certamente acreditam ser melhores do que aqueles que são quando andam fardados de si mesmos.
Mas se é assim, se os nossos miúdos já bebem para "esquecer", e cada vez mais, onde andamos com a cabeça?
Não posso deixar de me angustiar perante a aparente incapacidade dos nossos miúdos de autoproduzirem as endorfinas e os "speeds" internos, para que se apaixonem pela vida e pelos outros, sem precisar de atirar pelas goelas abaixo um líquido qualquer. Será que não os ensinámos a encontrar nos outros, nas histórias dos outros, nos olhos dos outros, na música dos outros, estímulo necessário para que a vida em estado sóbrio valha a pena?

Isabel Stilwell,NM

Digam lá se não dá que pensar?!

7 Comments:

Blogger Cláudia said...

Não só dá que pensar, como é assustador parar e pensar no tema em questão.

Como se a realidade já se tivesse transformado em alguma coisa de tal modo intolerante que, para lidar um pouco melhor com ela, valha tudo o que a transforme. Tudo o que diminua o seu impacto. Pela incapacidade de confronto que está inerente e pela tentativa de fugir.

E é ainda mais preocupante porque a vida pode, na verdade, ser tanta coisa linda...

Abraço ***

8:03 da tarde  
Blogger andorinha said...

Cláudia,
É, é assustador e custa-me tanto ver tantos jovens seguirem este caminho.
A vida vale a pena ser vivida sem recurso a supostos "elixires mágicos" que só têm o condão de embotar os sentidos e nada mais.
Beijinho.:)

12:24 da manhã  
Blogger Anna^ said...

Hoje em dia os jovens parece q só "curtem" a vida em estado de euforia...será pq o q vêm à volta é demasiado "negro"..."assustador" ou "insipiente"???!!!
Assustador é,sem dúvida...mas não se pode esconder a cabeça na areia e deixar correr...
Assunto q tem sem dúvida pano pra mangas...!

bjokas ":o)

12:32 da manhã  
Blogger HarryHaller said...

A questão do consumo de bebidas de teor alcólico, já tem barbas de profeta. Pois, o culto ao Deus mitico Baco, foi inventado há milhares de anos pelo ser humano, como forma de celebração de momentos festivos. Portanto, não é um fenómeno dos jovens de agora. Talvez o cerne da questão esteja, na frágil natureza humana, que parece sofrer de uma incapacidade congénita de se sentir bem sem recurso a substâncias tóxicas.

Penso que também é de trazer à colação, a publicidade feita até à náusea desse mesmo tipo de produtos,e cuja revista de que é directora a autora do artigo não está isenta, que contribui para o consumo maciço desse tipo de produto.



PS:Obrigado andorinha por teres deixado a tua presença nas minhas Estepes.

Lobo das Estepes

10:39 da manhã  
Blogger Menina_marota said...

Tenho 2 filhos. Essa foi sempre uma preocupação que tive, que no meio de "muitos" nas suas saídas, não se soubessem controlar. Até hoje, graças a Deus, não tive problema nenhum, mas é uma preocupação constante, que tento suavizar com longas conversas e apoio incondicional.

Um abraço terno ;)

12:26 da tarde  
Blogger andorinha said...

Anna^,
Há muitos jovens, infelizmente, que parece que só sabem "curtir" a vida assim, com estados alterados de lucidez.
Se estiverem sóbrios parece não darem valor às coisas.
Como professora já tenho encontrado alunos que me dizem - "Com umas bebidas ficamos mais desinibidos e divertimo-nos mais.
Qual é o problema?"
É isto que é assustador.

harryhaller,
Claro que não é uma questão só dos tempos de agora. Mas que é preocupante, é.
A incapacidade de algumas pessoas se sentirem bem sem recurso a substâncias tóxicas deve-nos sempre fazer pensar.

P.S. Continuarei a passar pelas tuas estepes, não tens que me agradecer, faço-o com gosto.:)

menina_marota,
Penso que longas conversas e apoio incondicional é mesmo o melhor caminho.
Fossem todos os pais como tu...
Beijinho.:)

3:19 da tarde  
Blogger perola&granito said...

Queres visitar o nosso blog?

6:55 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home