terça-feira, setembro 16

Pensamento da semana

"Uma pessoa continua a trabalhar porque o trabalho é uma forma de diversão. Mas temos de ter cuidado para não deixarmos a diversão tornar-se demasiado penosa."

Nietzsche

19 Comments:

Blogger andorinha said...

Uma grande verdade...agora que começou o ano lectivo:)))

11:29 da tarde  
Blogger bat_trash said...

Tudo em excesso torna-se doentio.

Bat Kiss.
(L)

6:29 da tarde  
Blogger Blood Tears said...

Quando a diversão deixa de fazer sentido....

Grande Nietzsche...

Bjs

7:59 da tarde  
Blogger Lux Caldron said...

Difícil quando o sinismo impera no trabalho...

Dark kiss*

12:06 da tarde  
Blogger AQUILES said...

De facto o trabalho deveria ser, senão diversão, pelo menos uma tarefa agradável que proporcionasse gozo pessoal, entusiasmo, satisfação, gratificação, empenho e realização. Todavia parece que, nos tempos actuais, poucos terão esse trabalho feliz. Sobretudo porque os trabalhadores deixaram de ser encarados como tal e passaram a ser classificados como colaboradores. Trabalhadores são os tipos das administrações. O resto, o ganau, é colaborador, e se possível temporário, não vá ficar a gostar de trabalhar.

1:10 da tarde  
Blogger bat_trash said...

Tenho um presente pra você.

(L)

3:01 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Olá!
Por uma vez estou de acordo contigo: este trabalhinho de fingirmos que somos professores probos e honestos é uma palhaçada!
Toca a divertirmo-nos para que as estatísticas sejam cumpridas e todos os analfabetos tenham um ou vários canudos INDEPENDENTES!

9:26 da tarde  
Blogger andorinha said...

Bat,

Exacto, morceguinha:)
Beijinhos.

Blood tears,
É, aí quase que somos levados a re-equacionar objectivos...
Nietzsche É grande, sim.
Beijinhos.

Lux,
Difícil é, mas com algum esforço vamos arranjando uns oásis no meio do deserto:)

Beijo*

Aquiles,
Tens razão no que dizes, "velho" amigo:)
Tempos sombrios estes.

Bat,
Bigada, viu?:)
Luv u!

10:43 da tarde  
Blogger Rosa said...

Ai, como esse compreendo o Nietzsche!
Beijocas, Dra.! ;)*

12:20 da tarde  
Blogger Rosa said...

Ai, como esse compreendo o Nietzsche!
Beijocas, Dra.! ;)*

12:21 da tarde  
Blogger cabecinhapensadora said...

Olá Andorinha
A diversão diverte. Não pode ser penosa, salvo casos em que deixe de ser o que é. Trabalho é sempre esforço e poucas actividades se subtraem a ele. A verdadeira questão não é o esforço, é a discordância de grau e de tipo de esforço pedido. "Correr por gosto não cansa", cansa ser um profissional sem gosto.
Bom dia para ti

9:43 da manhã  
Blogger bat_trash said...

Tenho saudades de ti, minha tia passarinha....:)

9:31 da tarde  
Blogger andorinha said...

Rosinha,
Sei bem que o compreendes, mulher:)
Beijinhos.

Cabecinha,
Gosto sempre muito de te ver por aqui.
"Correr por gosto não cansa", tens toda a razão.
Continuo a correr por gosto só pelos miúdos; tudo o resto me cansa e muito, sobretudo o ser obrigada a fazer coisas das quais discordo.
Boa semana para ti:)

Bat,
Também tenho muitas saudades tuas, morceguita:)
Mas estes meus dias têm sido alucinantes. O trabalho tripicou:(
Nem com a Frankie tenho falado...
Mas havemos de arranjar um tempinho.
Beijo grande*

10:41 da tarde  
Blogger a.m said...

Infelizmente existem pessoas que não acreditam nisso... Aqueles professores que não têm vida própria :P

9:30 da tarde  
Blogger Ruela said...

hmmmmmmmmmm ;)

10:45 da tarde  
Blogger kami said...

Olá!

Nunca encontrei diversão no meu trabalho....deixo isso pras folgas!
Será que por isso sou diferente da maioria???
Seá que o problema está em mim ou no meu trabalho!??

Bjussssss

12:17 da manhã  
Blogger andorinha said...

a.m.
Tenho pena desses, coitados!
:)

Ruela,
Hummmmmmmmmmm???????? :)

Kami,
És diferente nada, mulher:)
Como és enfermeira não digo que haja propriamente diversão, mas de certeza que tens momentos em que sentes gratificação pelo teu trabalho.

Beijinhos.

12:38 da manhã  
Blogger jawaa said...

Vim escrever-te aqui, para releres o que escreveste neste post. Vai fazer-te bem...!
Obrigada, só ontem dei conta de comentários no Bar, eu agradeço o teu carinho. Nem de propósito, hoje apareceste no meu lugar. diz lá que não há coincidências...
Espero que NÃO CUMPRAS em excesso (ai como é que os anos me fazem escrever isto!)...
Beijinho, tu compreendes-me, que eu sei.
Até.

10:48 da manhã  
Blogger andorinha said...

Jawaa,

Que bom ver-te aqui!
E fez-me bem, de facto, voltar a ler este "Pensamento".
A minha diversão ultimamente está a ser bastante penosa, sobretudo porque não tenho tempo para nada nem para ninguém e isso é o pior de tudo. Entristece-me a alma...

Claro que te compreendo, amiga.

Beijinho e...inté:)

12:52 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home