sábado, junho 21

Concordam?

Só se é fecundo pelo preço de se ser rico em contradições; só se permanece jovem na condição de que a alma não se relaxe, não deseje a paz...

Nietzsche, Crepúsculo dos Ídolos

21 Comments:

Blogger biazinha said...

Eu ainda tenho um pouco de dificuldade de entender o Nietzsche, mas creio que a profundidade de uma pessoas esteja realmente ligada às contradições que fazem parte de nossa essência. Quanto mais complexa é uma pessoa mais aparentemente contraditória ela é.
A juventude é uma tempestade hormonal no corpo e na cabeça, é a fase do não aceitar tudo e questionar. Penso que se a pessoa mantém essa característica irriquieta, manter-se-á jovem em espírito...desejar a paz é se acomodar.
Não sei se entendi.
Beijos.

4:08 da tarde  
Blogger AQUILES said...

Concordam? Isto não é ou sim ou não.
Ainda por cima Nietzsche!
E as 30 páginas antes e as 30 depois dessa frase. Não é simplesmente concordar. è analizar e reflectir.

11:50 da tarde  
Blogger bia monte said...

Olá, querida!
Deixei aquela mensagem pra bia e Klattu porque os dois andaram se estranhando sim, porém nada grave, mas desagradável o suficiente pra deixar os dois aborrecidos e biazinha triste pelos cantos da casa e pensando inclusive em deletar a conta do blogue, por isso, a interseção.
Por isso apelei pra que ambos ignorem o tal sujeito, mas nada grave apenas ambos estão à flor da pele.
Ontem levei a Bia pra conhecer o Baixo - Leblon, lugar muito badalado nos anos 80, point de intelectuais e artistas, e a pequenina estava triste porque houve algum probleminha entre os dois. Sei que já está tudo bem, e isso é o que importa, porém esse tipo de demanda deixa as pessoas com os nervos a flor da pele.
Minha menina tem 14 anos, mas leva muito a sério suas amizades, e ela também gosta muito de ti, e me divirto ao ler a brincadeiras dela pra tia...hahaha!
Obrigada por seu carinho e preocupação, de verdade!
Espero que tenha tido um bom fim de semana(é, sem hífen , bem no embalo do novo acordo ortográfico. Os dicionários daqui do Brasil vão ser mudados em setembro com as novas regras,e os livros didáticos também, no entanto, não serão disponibilizados ainda, exceto para professores).

Um boa semana para você!
Beijos.

11:34 da tarde  
Blogger Lord of Erewhon said...

No fecundar é que está o ganho! - nunca te deveria ter metido a ler Nietzsche! :)

Dark kiss.

10:19 da manhã  
Blogger busillis said...

Da discussão...nasce a luz...e a paz é o contrário desta...
Abraço

10:29 da tarde  
Blogger andorinha said...

Bia,
É isso aí, miúda:)
Tu não és "normal", sabias?
É por isso que gosto de ti.
DOLU TUUUUUUU!

Beijinhos.

Aquiles,
Já fiz isso para vos "obrigar" a ler Nietzsche:)

Bia monte,
Penso que as coisas entre eles já voltaram ao normal.
Fico muito contente porque gosto bastantes dos dois.
A tua filhota é demais. Agora chama-me "Tiazona passaruda":))))
Eu rio-me a valer com ela.

Boa semana para ti também.
Beijinhos.

Lord,
:)))))
Ora essa! Então porquê?:)
E tu não me mesteste a ler Nietzsche, eu é que me meti. Tu deste-me o solicitado empurrãozinho.
O seu a seu dono:)

Beijocas.

Busillis,
Bem dito. Concordo.
Abraço:)

2:26 da manhã  
Blogger Klatuu o embuçado said...

Bia, lembra-te do aforismo que dediquei à tua pessoa... :)=

6:05 da manhã  
Blogger Klatuu o embuçado said...

Ó passarinha do campo, grande verdade, tu metes-te em tudo! JAJAJAJA!!!

6:06 da manhã  
Blogger andorinha said...

Meto-me em tudo não, alto aí:)))Lol
Só me meto no que me interessa.

Beijinhos, doidão:)

5:37 da tarde  
Blogger cabecinhapensadora said...

Nietzshe era contra o linear e o limite que a razão nos impõe. Afirmou um homem de tal vitalidade que extravasava. E entendeu muito mais do que nós nele conseguimos. Talvez fosse louco. Contudo, o nosso esforço é outro, não enlouquecer, plantar normalidade na sequência dos dias. A esta luz, Nietzshe é insólito.

6:11 da tarde  
Blogger biazinha said...

Ai, ai...vou procurar uma foto pra esse teu avatar.

bjinhos.

2:33 da tarde  
Blogger era uma vez... said...

preço?

Só para quem não fecundar.

Relaxar é mmorrer em forma light

12:01 da manhã  
Blogger Ariel d'Angouleme said...

só se permanece jovem sob uma de duas formas...
- conhecer o verdadeiro amor e vivê-lo.
- nunca chegar a conhecer amor algum.

Beijo*

2:18 da tarde  
Blogger andorinha said...

Cabecinhapensadora,
Talvez fosse louco? Talvez.
Génio, certamente.

Abraço.

Bia,
Bigada, viu, sobrinha?
Já estava farta do meu antigo visual...
Este é mais bonito.
Beijinhos.

Era uma vez,
"Relaxar é morrer em forma light".
Gostei.
Bem-vindo ao ninho.

Ariel,
Que raio de provocação é essa?:)))
O que é "o verdadeiro amor"?
Sabes-me dizer?
Não conhecer amor algum?
Talvez se permaneça mais jovem, mas será que se vive?
Isso é o "nada" e falo de amor em sentido lato.

"Entre o nada e a dor, escolho a dor."

Nesta linha de raciocínio é preferível permanecer jovem ou viver?

Para mim, permanecer jovem e viver não é incompatível.
Se fosse, eu já não existia:)))))))

Beijo*

P.S. Não sejas tão preguiçoso:)
Tira um minuto para me responderes ao mailzito, pode ser?:)

11:49 da tarde  
Blogger Ariel d'Angouleme said...

o verdadeiro amor não existe...
não conhecer amor algum é complicado...
é por isso que envelhecemos todos... mais cedo que a idade...

Beijo*

8:52 da manhã  
Blogger andorinha said...

Ariel,
"o verdadeiro amor não existe...", concordo.
"Não conhecer amor algum é complicado...", concordo, mas há quem consiga:)

Mas o "envelhecimento" não é por aí, na minha opinião.
Estaríamos a colocá-lo na dependência de factores externos a nós próprios. Uma desculpabilização fácil, quanto a mim.
Nós, enquanto seres humanos pensantes é que somos responsáveis pelos nossos actos ou omissões e não os outros om os quais nos vamos cruzando (ou não) nas encruzilhadas da vida.

Por isso, desculpa lá:), mas entre a opinião de Nietzsche e a tua, prefiro a dele; faz mais sentido e obriga-me a ser mais responsável.
:)

Beijo*

3:09 da tarde  
Blogger Ariel d'Angouleme said...

claro que sim!
Também prefiro a de Nietzsche...
Até porque o que disse nada tem a ver com a citação...
concordo, de longe, muito mais com ele do que comigo...

isto de se ser esquizofrénico dá nestas coisas... :S
Não tenho andado muito virado para ser humano pensante.
A morte deve estar para breve...

Vida é antagonismo...
Jovialdade é consequência...
E Nietzsche é uma máquina.

Beijo*

3:25 da tarde  
Blogger andorinha said...

Ariel,
O que disseste tem algo a ver com a citação, mas pouco:)
Daí eu ter logo perguntado que raio de provocação era a tua...

"A morte deve estar para breve..." :) Looooooooool

Sendo assim, antes de morreres não te esqueças da promessa que me fizeste e que está por cumprir:))))

Beijo*

P.S. Não convem ir para o outro mundo com assuntos pendentes:)

8:00 da tarde  
Blogger biazinha said...

Tia,
Te mandei um e-mail com as fotos de sábado pra domingo, mas voltou....só foi mesmo a mensagem sem as fotos.
:(
Bjos.

8:19 da tarde  
Blogger Blood Tears said...

Quando a alma deseja a paz, provavelmente não deseja continuar a evoluir, logo, para se permanecer jovem, continua-se sempre em turbulenta evolução... Gostei da frase... :)

8:21 da manhã  
Anonymous candida said...

a minha velhice tá na adolescência :)
e a tua?
tá na meninice? ou seja, tens 90 anos???

10:55 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home