quarta-feira, junho 28

Gozo

Linho dos ombros
ao tacto
já tecido

Túnica branda
cingida sobre as
espáduas

Os rins despidos
no fato já subido
as tuas mãos abrindo a madrugada

Linho dos seios
na roca dos sentidos
a seda lenta sedenta na garganta

a lã da boca
cardada
no gemido

e nos joelhos a sede
que os abranda

Linho das ancas
bordado
de torpor

a boca espessa
o fuso da garganta

M TERESA HORTA

4 Comments:

Blogger wind said...

Lidíssimo!
beijos

12:29 da manhã  
Blogger Ana Afonso said...

Olá Andorinha
Lindo mesmo !!!
Abraços e sorrisos
Ana Afonso :)

12:01 da tarde  
Blogger andorinha said...

Wind e ana afonso,
Somos três a pensar o mesmo.:)

6:14 da tarde  
Blogger APC said...

Realmente...
... Há quem saiba!...

2:30 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home