segunda-feira, abril 11

Balanço (já?!!!!)

Pois é, há uma semana que comecei este blog. A ideia de criar eu própria um blog já andava a fervilhar na minha cabeça há uns meses. Gosto imenso de comunicar, de discutir diversos temas, de partilhar as minhas ideias com os outros através de diferentes meios e este seria um deles.
Devo confessar que precisei dum oportuno empurrão do Lobices - sem ele isto provavelmente não existiria.
As minhas expectativas iniciais? Nem eu sei bem.....
Essencialmente, como já referi, comunicar, conversar a respeito de qualquer tema , temas importantes, menos importantes, todos eles fazem parte da vida.
Está a ser uma experiência aliciante e ao mesmo tempo de certo modo frustrante. Eu explico esta ambivalência.
Aliciante porque a comunicação tem existido, já encontrei gente encantadora que tem blogs lindíssimos e realmente vão-se criando elos de ligação entre as pessoas havendo conversas que nos fazem pensar e essas são as que eu mais aprecio!
Uma certa frustração porquê? Pensei encontrar por aqui pessoas mais tolerantes, que respeitassem os outros e as suas ideias, mesmo que não concordem com elas. Fico triste ao verificar que isso nem sempre acontece:(
Pode-se discordar e manter um diálogo civilizado, mas enfim....
Isto acaba por ser o reflexo da sociedade que somos; eu é que se calhar fui ingénua ao pensar que aqui seria diferente!
Mas o balanço geral que eu faço é positivo, sem dúvida.
Vou ver se me consigo manter por aqui uns bons tempinhos, porque como me disse a Mitsou ( e eu já começo a dar-lhe razão:) ) isto exige muito tempo e disponibilidade da nossa parte; referiu ainda que grande parte dos blogs tem uma duração não superior a dois meses.
Pois.... isto é quase como no namoro - começar não custa, o que custa é manter:))
Não quero nunca que isto se transforme numa obrigação ou obsessão, quero sim que seja algo que me dá prazer. Enquanto assim acontecer, aqui estarei.

"O oposto de uma afirmação correcta é uma afirmação falsa. Mas o oposto de uma verdade profunda pode ser outra verdade profunda"
NielsBohr

5 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Andorinha, hoje vim só ler. Não me apetece comentar. Mas isso do balanço é bom e reflectir é sempre saudável para seguir em frente.

Boa noite

Maite

9:43 da tarde  
Blogger Mitsou said...

Querida Andorinha, entendo-te perfeitamente. Já vi que gostas de comunicar, e que o fazes muito bem, mas aqui, como lá fora, amiga, há surpresas umas vezes boas outras nem por isso, para não dizer más. Com o tempo (até parece que sou alguma veterana na blogosfera...!)aprende-se a usar uma certa reserva face a algumas situações. Mas não desistas porque tens aqui muitos amigos a quem fazes falta. E isto digo-te, sim, por experiência própria, pois também já quis fechar o meu blog várias vezes. E vou ficando, um dia de cada vez...Força, linda! Cá estamos para te "ouler". Beijinhos muitos :)

9:48 da tarde  
Blogger andorinha said...

Mitsou,
Mais uma vez obrigada pelo incentivo. Ainda não penso em desistir:))))

10:23 da tarde  
Blogger Mitsou said...

Ainda bem! E assino por baixo uma declaração tua, ousada, deliciosamente ousada, no cantinho do Profe. Não posso lá ir amanhã (hoje!)pois vou estar fora o dia todo mas à noite vou cuscar a ver as reacções, ehehehe. Beijokas!

12:21 da manhã  
Anonymous Patrícia said...

Andorinha
O exemplo de frustração que dá pode verificar-se facilmente nas nossas caixas de comentários.Quando lançámos a frase "grande ambição é ter os melhores comentadores e comentários" foi com o intuito de tentar mostrar essa medíocridade que aliás, se verificou de imediato.
Pessoalmente e em nome do blog a que pertenço, quero agradecer-lhe a sua participação.Foi das mais construtivas, puras e honestas...mesmo que tenha usado alguma ironia.Quando fizemos o post Comments claculámos que o resultado não ia ser bonito, como também não foi com o último post, sobre carácter.Também já sabíamos que o facto de um blog ter audiência não é sinónimo de qualidade e que às vezes os textos com zero comments são talvez os melhores.Ainda assim resolvemos arriscar esta exposição.
Compreendo que tenha perdido a vontade de lá voltar.Lamento imenso porque os seus comentários ajudavam-nos a melhorar nem que fosse para concluir que os nossos textos eram pouco claros.
Se o nosso blog é o exemplo de um dos que vai durar? O tempo o dirá e encaro com bastante curiosidade o fenómeno de que hoje fala aqui no seu texto.
Pela parte que me toca agradeço-lhe eternamente o seu esforço em compreender o que ali se passa(penso que é simples) e desejo que o seu blog seja um dos que duram.Volto a repetir, que a ironia e a piada é sempre bem vinda desde que sirva para alguma coisa.Se não voltarmos a falar...Felicidades Andorinha, nunca deixe de existir.

1:17 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home